Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Homenagem

por António Garcia Rolo, em 04.06.14

Neste dia não posso deixar de homenagear, como dizia Popper, "the countless men and women of all creeds or nations or races who fell victim to the fascist and communist belief in Inexorable Laws of Historical Destiny". Hoje em particular, os jovens que, com uma coragem imensa, estiveram na Praça de Tiananmen há 25 anos. Não se sabe ao certo os mortos, estima-se desde 500 a milhares. O certo é que, nesse dia, o Exército Chinês abriu fogo perante civis desarmados. Há duas razões pelas quais esta data me afecta especialmente - não só porque a maioria dos mortos tinham a minha idade, mas porque também, já estive na Praça da 'Paz Celestial' (= Tiananmen) e foi uma sensação indescritível, de tentar perceber a dimensão do massacre que ali ocorrera, enquanto que a guia turística (membro do Partido claro) falava "ah e tal, houve aqui um punhado de troublemakers, nada mais". Naquele momento isso causou-me uma angústia profunda - pensar naquela gente, com a minha idade, e tendo as mesmas aspirações que eu, que foi massacrada sem misericórdia em nome de uma ideologia totalitária, e pelo seu 'Exército Popular de Libertação'. 

 

 

Deixo um poema, de James Fenton, sobre essa sensação e como homenagem e, na certeza porém, que a verdade voltará àquela praça:

 

"Tiananmen 
Is broad and clean 
And you can't tell 
Where the dead have been 
And you can't tell 
What happened then 
And you can't speak 
Of Tiananmen. 

You must not speak. 
You must not think. 
You must not dip 
Your brush in ink. 
You must not say 
What happened then, 
What happened there, 
In Tiananmen. 

The cruel men 
Are old and deaf 
Ready to kill 
But short of breath 
And they will die 
Like other men 
And they'll lie in state 
In Tiananmen. 

They lie in state. 
They lie in style. 
Another lie's 
Thrown on the pile, 
Thrown on the pile 
By the cruel men 
To cleanse the blood 
From Tiananmen. 

Truth is a secret. 
Keep it dark. 
Keep it dark 
In your heart of hearts. 
Keep it dark 
Till you know when 
Truth may return 
To Tiananmen. 

Tiananmen 
Is broad and clean 
And you can't tell 
Where the dead have been 
And you can't tell 
When they'll come again 
They'll come again 
To Tiananmen."

publicado às 09:08


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Gustavo a 04.06.2014 às 12:55

A verdade pode voltar a Tianamen, mas a força sairá sempre vencedora e essa está do lado das armas.

Imagem de perfil

De Luis Moreira a 04.06.2014 às 21:29

Também já lá estive e a sensação foi a mesma. Como é possível?

Comentar post







Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas