Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Recomenda-se: «Na Terceira Pessoa»

por João Quaresma, em 13.07.14

Escrito e realizado por Paul Haggis, com Liam Neeson, Olivia Wilde, Mila Kunis e Adrien Brody nos papéis principais. 

É sempre desagradável dizer que um filme não é para toda a gente mas este, de facto, não é um filme fácil. Não só por causa do constante zapping entre as histórias que fazem parte da história principal (que parece algo exagerado na parte inicial do filme), mas porque nenhum dos personagens é herói nem está lá para que o espectador simpatize com ele. O que poderá levar a que se tenha menos interesse e se preste menos atenção aos detalhes necessários para que, mesmo no final, tudo encaixe e se compreenda a verdadeira dimensão da narrativa. Uma fórmula arriscada que poderá acarretar a frustração do espectador caso este não "atinja" a história. Não será por acaso que a crítica não tem sido muito favorável a este filme que, de facto, é de grande qualidade e com um elenco bastante competente.

Tudo começa e acaba com um escritor, fechado num quarto de hotel a escrever um romance, consumido pelo sentimento de culpa e ferido na auto-confiança.

«Watch me».

 

Tags:

publicado às 03:35


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Paulo Lisboa a 28.07.2014 às 14:57

Desculpa discordar de si, mas achei o filme muito fraco. As histórias são desgarradas, o fio condutor do filme é muito ténue e o filme está cheio de personagens fracas e cheias de caprichos.
Embora possa ter interpretações competentes, as histórias são corriqueiras e inverosímeis, o que torna o filme fastidioso.

Comentar post







Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas