Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



João Semedo (1951-2018)

por Samuel de Paiva Pires, em 17.07.18

joao-semedo.jpg

 (fotografia daqui.)

 

Morreu um homem bom, um cavalheiro, um servidor da causa pública e um dos poucos cultores do diálogo civilizado que passaram pela política portuguesa nas últimas décadas. Que descanse em paz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:17

In memoriam - Bernardino Gomes

por Samuel de Paiva Pires, em 31.10.16

DSC_1423.JPG

 

O fim-de-semana que se findou fica marcado pela triste notícia da morte de Bernardino Gomes. Como relembraram os vários jornais, foi uma figura incontornável da história do PS, de que foi fundador, e do vector atlântico da política externa portuguesa na III República, ao qual acabou por dedicar boa parte da sua vida após o 25 de Abril de 1974, sendo de destacar o desempenho de funções enquanto chefe de gabinete de Mário Soares em São Bento, director do Gabinete de Estudos e Planeamento do Ministério dos Negócios Estrangeiros, administrador da FLAD e Presidente da Comissão Portuguesa do Atlântico.

 

Foi, aliás, no âmbito desta última que tive oportunidade de o conhecer e de com ele colaborar na promoção do seu braço para a juventude, a Associação da Juventude Portuguesa do Atlântico, junto das associações internacionais de que fazem parte, a Atlantic Treaty Association e a Youth Atlantic Treaty Association, organizações ligadas à Divisão de Diplomacia Pública da NATO. 

 

Bernardino Gomes foi uma das pessoas mais cordiais e agradáveis que conheci até hoje, ficando facilmente na memória de todos quantos o conheceram o seu sentido de humor, a sua inteligência, o tacto diplomático com que tratava todos os assuntos e o sentido de Estado que imprimia em todas as suas intervenções ou iniciativas públicas. Que descanse em paz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:31

Missa em memória de José Freire Antunes

por Pedro Quartin Graça, em 20.02.15

img_757x426$2015_01_27_10_03_47_432153.jpg

No próximo sábado dia 28 de Fevereiro às 17 horas será celebrada em Lisboa, na Basílica em Estrela, uma missa em memória de José Freire Antunes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:36

In memoriam - José Freire Antunes

por Pedro Quartin Graça, em 27.01.15

AR-Pedro QG e Freire Antunes.jpg

Um dos posts mais difíceis de escrever na minha vida. José, desculpa-me, mas hoje trato-te por tu, coisa que nunca fiz antes. José, fiquei sem palavras quando hoje soube, por via de um amável jornalista que me pediu umas palavras sobre ti, que nos deixaste fisicamente. Ainda não há duas semanas me disseste que voltaríamos a falar quando regressasses dos Estados Unidos. A nossa conversa foi adiada. Felizmente que durante quase cinco anos pudemos conversar. Fica essa consolação. Esta foto, que acho que não conheces, José, numa bancada quase vazia, mas onde nós nunca deixámos de nos sentar como livres pensadores que somos, diz bem o que foi e é a nossa amizade. Nunca te consegui visitar em Versailles e tu nunca conseguiste voltar a Portugal. Estou convencido que não partiste de Portugal feliz (desculpe-me Patrícia mas é isto mesmo que penso) apesar de teres contigo a tua família. Tinhas muito para dar a todos nós. Mais do que já tinhas dado, e não era pouco. Agradeço-te a tua ajuda preciosa na minha tese de doutoramento. E desculpa-me estas palavras saírem soltas, mal redigidas, quase sem nexo. Até breve José. E, por favor, não abuses do tabaco.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:33

In memoriam - Miguel Galvão Telles

por Pedro Quartin Graça, em 23.01.15

img_708x350$_188414.jpg

Uma das mentes mais brilhantes de sempre da advocacia e do Direito em Portugal deixou-nos hoje. Fica uma vasta obra e a saudade de uma grande personalidade. À sua Família apresentamos os nossos sentidos pêsames.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:59

In memoriam - Sousa Veloso

por Pedro Quartin Graça, em 27.11.14

ng3736535.JPG

Engenheiro agrónomo, nascido em 1926, ficou conhecido de todos os portugueses ao apresentar o programa TV Rural, durante três décadas, na RTP, entre 6 de dezembro de 1960 e 15 de setembro de 1990. O seu estilo, o seu timbre de voz e a sua figura televisiva especial transformaram um programa dedicado a agricultores num fenómeno da televisão nacional. Marcou a infância de muitos de nós. Deixou-nos hoje. Com a amizade com que sempre se despedia.Portugal está mais pobre.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:59

In memoriam - David Garcia

por Pedro Quartin Graça, em 21.10.14

dscf0060.jpg

Lutador incansável pela Causa Monárquica, David Garcia deixou-nos hoje. Um jovem a quem a vida foi madrasta descansa agora em paz.

O velorio terá lugar amanhã, dia 22 de Outubro, às 16h00 na Igreja de São Miguel, em Sintra. Será celebrada missa de corpo presente entre 12.30 e as 14h00. O funeral sairá da Igreja às 14h00 de quinta-feira, dia 23 de Outubro.

À sua Família, que sempre esteve com ele, as minhas mais sinceras condolências.

Um abraço David e até sempre. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:24

In memoriam: José Delgado Domingos

por Pedro Quartin Graça, em 06.07.14

Soube agora mesmo da partida de um velho "compagnon de route": o Prof. José Delgado Domingos, uma autoridade indiscutível em matérias de energia e de ambiente e um colega de lides partidárias durante anos. Senhor de um Curriculum Vitae indiscutível, Delgado Domingos era uma verdadeira autoridade nas várias matérias do saber científico que dominava como ninguém. Que descanse em paz. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:52

Cinco anos

por Fernando Melro dos Santos, em 26.06.14

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

In memoriam - Vasco Graça Moura

por Pedro Quartin Graça, em 27.04.14

Uma das personalidades públicas que mais se distinguiram contra o Acordo Ortográfico. Poeta, ensaísta, romancista, dramaturgo, cronista e tradutor de clássicos, Vasco Graça Moura nasceu no Porto, na Foz do Douro, em 1942, licenciou-se em Direito, pela Universidade de Lisboa, e exerceu durante alguns anos advocacia antes de se dedicar por completo à literatura. A sua morte, hoje anunciada, era, infelizmente, esperada.

Em 1999 viria a repetir uma anterior experiência na vida política com a efémera passagem que fez por um governo provisório. Desta feita protagonizou uma candidatura com sucesso ao Parlamento Europeu, tendo sido deputado até 2009, como independente pelo PSD.

A obra de Vasco Graça Moura é, porém, vasta e inclui poesia, ensaio, romance e tradução de clássicos como Racine, Molière, de Corneille, mas, também, Seamus Heaney, Hans Magnus Enzensberger e Gottfried Benn. Dele retenho a frase: "A poesia é a minha forma verbal de estar no mundo". Portugal fica mais pobre.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:13

In memoriam - Mário Quartin Graça

por Pedro Quartin Graça, em 19.04.14

Conselheiro Cultural na Embaixada de Portugal em Madrid (1987-2000) e Brasília (1980-1987). 

Ex-Secretário-geral da Casa da América Latina.

 

Igreja do Campo Grande, Lisboa

Velório no Domingo

Missa na 2ª feira às 11h

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:10

In memoriam - Fernando Ribeiro e Castro

por Pedro Quartin Graça, em 21.03.14

Vi-o pela última vez na missa da minha Avó no final de 2013. Ou melhor, foi ele quem me chamou de entre uma imensa mole humana. Já visivelmente afectado pela doença que o consumia não deixou de comparecer. Ontem juntou-se-lhe na eternidade. Falo de Fernando Augusto de Almeida Ribeiro e Castro. Um homem bom. Por quem era, pelo que fazia, pelas causas que abraçava.

Um grande Marido, um inesquecível Irmão, um enorme Pai, um Avô sempre presente. Uma daquelas pessoas que faz a diferença, que fisicamente nos deixa, mas cuja memória perdurará no tempo, ano após ano, para todo o sempre. Na Marinha que serviu, nas Famílias Numerosas que fundou, nas causas pelas quais deu a cara e o tempo. No convívio com os Amigos e com os seus 13 filhos e 26 netos por quem era um eterno apaixonado.

Apesar de não militar políticamente, há uns anos telefonou-me para me transmitir que tinha decidido apoiar a candidatura que iriamos apresentar ao Parlamento Europeu. Uma causa. Mais uma. Agora a da cidadania e da participação política. Assim aconteceu com o seu empenho de sempre.

Fernando Ribeiro e Castro partiu seguramente em paz. À sua Família e, em especial, ao seu irmão José, fica aqui um público abraço. Ele faz mesmo falta. "Em muitos sentidos e planos". Até sempre!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:09

In memoriam - Augusto de Athayde

por Pedro Quartin Graça, em 25.02.14

Augusto de Athayde Soares d' Albergaria deixou-nos hoje. Nasceu em São Miguel, Ponta Delgada, em 4.04.1941. Os Açores, o Brasil e Lisboa marcam a vida de Augusto Athayde que teve no Direito, na história e na literatura as suas grandes paixões. Nascido no seio de uma “típica família tradicional”, uma das suas obras, o "Percurso Solitário", "fala-nos de uma Lisboa também remota, que atravessa no caminho das “agruras da vida real”. A educação de há meio século num grande colégio é evocada com um olhar de carinho. As lembranças da vida universitária dão lugar a uma descrição de confrontos ideológicos e políticos que agitaram a juventude daqueles tempos, mergulhada, designadamente, nas crispações das guerras de África. Figuras e acontecimentos dos primeiros anos de maturidade – que decorrem num cenário de fim de época – vão passando sob a observação do autor, que encerra a obra com a lembrança dos tempos em que fez parte de um Governo que, frustrando muitas esperanças, acabou por criar condições em que a revolução se tornou inevitável.".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:01

In memoriam - António Soares Carneiro

por Pedro Quartin Graça, em 28.01.14

Ex-candidato à Presidência da República "escolhido" por Sá Carneiro, em 1980, o general Soares Carneiro morreu esta terça-feira aos 86 anos.

Soares Carneiro foi candidato com o apoio da Aliança Democrática, nas eleições que ocorreram no dia 7 de Dezembro, três dias depois do acidente de avião em Camarate que vitimou o então primeiro-ministro Francisco Sá Carneiro e o seu ministro da Defesa Adelino Amaro da Costa.

Soares Carneiro foi chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas durante o Governo presidido por Cavaco Silva.

Nascido em Cabinda, António Soares Carneiro fez 86 anos no passado sábado. Sempre foi militar e possuia formação especializada em tropas de comandos. Paz à sua alma.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:08

In memoriam - Eusébio da Silva Ferreira

por Pedro Quartin Graça, em 05.01.14

Eusébio da Silva Ferreira, o "Pantera Negra" (1942 - 2014)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:12

In memoriam - José Roby Amorim

por Pedro Quartin Graça, em 21.12.13

Homem de grande carácter, profissional de enorme competência e, ao mesmo tempo, de desarmante modéstia, um ecologista assumido, José Roby Amorim deixou-nos físicamente mas não nos esqueceremos dele. Ex-jornalista do Diário Ilustrado, do jornal O Século e da ANOP - Agência Noticiosa Portuguesa, José Roby Amorim nasceu em 1927 e dedicou grande parte da sua vida à sua paixão: o jornalismo.

À sua Mulher Esmeralda, ao seu filho Nuno Roby Amorim e à restante Família fica aqui um sentido abraço.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:46

In memoriam - Vo Nguyen Giap

por Pedro Quartin Graça, em 05.10.13

O "Rei da Estratégia". Partiu aos 101 anos de idade, aquele que era por muitos considerado o estratega-mor ou, como refere Fidel Castro, "o maior guerrilheiro de todos os tempos". Esmagou franceses e humilhou americanos em dois conflitos marcantes da história universal. O seu nome? Vo Nguyen GiapQuem visitou o Vietname e "viu" o terreno e a "obra" de Giap, ficou com a certeza de que os americanos nunca venceriam aquela guerra. A história imortaliza-o.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:49

In memoriam - Silvino Silvério Marques

por Pedro Quartin Graça, em 02.10.13

Silvino Silvério Marques, general, Comendador da Ordem Militar de Aviz,  Grande-Oficial da Ordem do Império e Comendador da Ordem do Mérito Militar do Brasil, antigo Governador de Cabo Verde de 1958­ a 1962, Governador de Angola de 1962 a 1966, administrador da Siderurgia Nacional de 1967 a 1970, director interino da Arma de Engenharia, 2° Comandante da Região Militar de Moçambique, vogal do Conselho Su­perior Ultramarino e, ainda, autor de numerosas publicações, deixou-nos. Portugal fica mais pobre.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:53

In memoriam - Osvaldo de Castro

por Pedro Quartin Graça, em 20.06.13

Não era um crente mas tinha as suas profundas crenças. Falo de Osvaldo de Castro, meu ex-colega na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias da Assembleia da República na X Legislatura, a que presidiu, e que hoje nos deixou.

Antigo secretário de Estado do Comércio no primeiro Governo de António Guterres e ex-deputado pelo PCP e pelo PS, Osvaldo de Castro, foi agraciado em 1999 com a Grã Cruz da Ordem da Liberdade, ele que era licenciado em Direito e ex-membro da Comissão Política Nacional do PS.

Osvaldo de Castro, natural do Porto, participou na revolta estudantil em 1969, sendo um dos dirigentes da Associação Académica de Coimbra de então. Foi deputado do PS à Assembleia da República entre 1995 e 2011, tendo também exercido o cargo de vice-presidente da comissão de inquérito sobre o caso PT/TVI. Foi, ainda, e ao longo de vários anos membro da CADA - Comissão de Acesso de Documentos Administrativos. Merece ser recordado nesta ocasião pela sua afabilidade e convicções.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:25

In memoriam - Margaret Thatcher, A "Dama de Ferro"

por Pedro Quartin Graça, em 08.04.13

"You cannot stand in the middle of the road because you'll be knocked down by traffic from both sides"


Margaret Thatcher

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:18






Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas