Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ebola Financeiro (II)

por Fernando Melro dos Santos, em 07.08.14

Link

 

 

PSI-20 recua 3,02% para 5.411,19 pontos, com 18 cotadas em queda, e uma inalterada, sendo esta última o BES cuja negociação está suspensa. A partir de segunda-feira, 11 de Agosto, o PSI-20 passará a ser composto por 18 acções, depois do BES ser expulso da principal montra. A bolsa nacional segue assim a negociar em mínimos de Julho de 2013.

 

A contribuir para esta queda está o BCP, ao perder 12,40% para 7,70 cêntimos, depois de ontem ter registado a maior queda desde 2002, ao perder mais de 15%. Esta manhã os títulos do banco liderado por Nuno Amado chegaram a afundar 20,23%. As acções do BCP mantém assim a tendência de queda acentuada verificada na última sessão, mesmo depois do regulador do mercado de capitais português ter proibido a aposta na queda das acções. Ontem ao final do dia a CMVM decretou "a proibição das vendas a descoberto das acções representativas do capital social do Banco Comercial Português no Euronext Lisbon, com efeitos a partir das 00h00m de 7 de Agosto de 2014, até às 23h59m do mesmo dia".

 

BPI está a recuar 7,20% para 1,16 euros, tendo já recuado mais de 10%, e o Banif cede 11,25% para 0,71 cêntimos, tendo já chegado a perder 12,50%.

 

A banca continua a reflectir os receios em torno do resgate do BES. Primeiro porque, caso a alienação do Novo Banco for feita abaixo do valor injectado (4,9 mil milhões de euros) serão os bancos a terem de se responsabilizar pelo montante em falta, e depois porque o modelo de resgate do BES determinou perdas, por enquanto, totais para os accionistas, o que aumenta os receios dos investidores em torno de novos casos e tem penalizado a negociação da banca um pouco por toda a Europa, mas em especial nos países periféricos.

 

A contribuir para a queda da bolsa está também a Portugal Telecom ao perder 4,50% para 1,38 euros, tendo já negociado esta manhã nos 1,327 euros, o que corresponde a um novo mínimo histórico. Em mínimos, neste caso de Julho de 2013, está também a Nos. A empresa que surgiu da fusão da Zon com a Optimus está a cair 1% para 3,96 euros, tendo já tocado nos 3,093 euros.

 

As quedas são generalizadas. A Mota-Engil perde mais de 4,5% para 3,985 euros, a Semapa desliza quase 9% para 9,64 euros, a Impresa recua mais de 10% para 1,10 euros, a Sonae SGPS, cede mais de 2% para 1,065 euros e a Jerónimo Martins cai mais e 1% para 10,18 euros.

 

No sector da energia, a EDP deprecia 1,92% para 3,219 euros, a EDP Renováveis cai 1,25% para 4,806 euros, a Galp recua 1,42% para 12,49 euros e a REN cede 1,2% para 2,542 euros. 

 

 

publicado às 08:58





Posts recentes


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas