Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sai mais uma bolonhesa...

por Samuel de Paiva Pires, em 06.05.08
O Governo aprovou hoje medidas de simplificação do acesso ao ensino superior, criando o regime legal de estudante a tempo parcial e permitindo que estudantes e não estudantes frequentem disciplinas avulsas nas diversas instituições.

O diploma hoje aprovado em Conselho de Ministros pretende aprofundar o Processo de Bolonha ao criar "o regime legal de estudante a tempo parcial, permitindo a frequência de disciplinas avulsas por estudantes e não estudantes, apoiando os diplomados estagiários e simplificando no processo de comprovação da titularidade dos graus e diplomas".

Sendo ainda de ressalvar que também os não estudantes podem frequentar disciplinas avulsas em instituições superiores, com a garantia de que lhe serão creditadas caso ingressem num curso superior com essas cadeiras e "em caso de aprovação, de certificação, e ainda de creditação".

O ensino superior deveria ser elitista. Elitista no sentido de criar uma elite culta, informada, estudiosa, que se dedique à academia, pelo menos durante uma pequena parte da sua vida. Os que preferem a profissionalização também têm os politécnicos. A partir de agora vai ser como ir à mercearia: Ora dê-me aí uma cadeira de introdução à gestão de campos de golfe, junte-lhe uma cadeira de introdução à prática desportiva de kayak, ah e já agora introdução a violino, que eu para o ano venho cá fazer a continuação. Se não maçar muito, qualquer coisa sobre direito também seria interessante. E também gosto muito de genética, se houver por aí qualquer coisinha. E inglês técnico que isto hoje em dia quem não sabe inglês é analfabeto. Já agora, qualquer coisa sobre criminalidade forense e também sobre expressão dramática que eu gostava muito de entrar no CSI. E tenho que pagar propinas ou coisa assim? Ah e não tenho faltas pois não? É que essa coisa de assistir a aulas é muito chato. Quando é que me passa o tal do diploma mesmo? É que eu quero muito que me chamem "sôtor" e que os meus cheques do banco tenham o "Dr." antes do nome.

Já agora, nota à parte, estou para ver como é que se pagam propinas fazendo disciplinas avulsas sem se ser estudante. Será que se pode fazer disciplinas avulsas das mais variadas áreas, desde que perfaçam os X créditos necessários para a obtenção do diploma? Nem será necessário alguém matricular-se, basta comprovar, junto de uma qualquer universidade, que já fez os X créditos para lhe passarem o diploma, não sei bem em quê? Espero estar enganado.

Ah como eu gosto de pagar novecentos e tal euros de propinas anualmente e queimar pestanas....

publicado às 03:20





Posts recentes


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas