Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Estamos ricos!

por Nuno Castelo-Branco, em 07.06.14

Além de publicamente ter renovado a sua vassalagem ao Sr. Socrates, Costa informou o país acerca daquilo que vai fazer. Tão preenchida agenda, apenas nos demonstra algo que talvez proclame nos próximos tempos: descobriu petróleo.

 

Se assim é, que seja primeiro-ministro durante umas quatro gerações. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:46

Le bordel de Paris

por João Quaresma, em 06.09.12

Como em todos os bordéis, na política há sempre uma prostituta velha a quem já ninguém liga mas que insiste em não se reformar. Agora defende um novo imposto sobre os mais ricos (destas não dizia ela quando concorreu a Belém e encheu a Alameda de "fascistas"). Depois do bochechas e desta gaja, quem mais mandará o Sócrates ladrar a seguir? Um capitão de abril, um bispo ou um bastonário? 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:20

Mais uma "pedra filosofal" de Sócrates

por Nuno Castelo-Branco, em 12.12.11

Ele era minas, ele era TGV, ele era quinquagésima auto-estrada para o Porto, ele era aeroporto aqui, além e acoli, ele era "Tratado porreiro, pá", ele era... lançamento da primeira pedra de uma fábrica de baterias Renault-Nissan para carros eléctricos. Pois é, lá está mais uma ridente promessa de imparável progresso que vai borda fora. "Isto" é mesmo um país de doidos varridos. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:29

Boa noite está a falar com o Sr. X, em que posso ser útil?

por Samuel de Paiva Pires, em 18.08.08

Sócrates está contente e orgulhoso com a criação de 1200 postos de trabalho em Santo Tirso. 1200 postos de trabalho num call center da PT. Esta demagogia populista é extremamente irritante. Ana Margarida Craveiro coloca bem a questão, a anestesia está a prolongar-se, quando o trabalho temporário é assim elevado à categoria de medida de emprego futuro.

 

Até ao início deste mês trabalhei pela primeira vez num desses call centers da capital, no caso o de assistência técnica às placas de banda larga (que de banda larga tem muito pouco...) da TMN. Desde as relações entre colegas, jantares e saídas sempre com os mesmos, intriguices e coscuvilhices num ambiente mais de escola primária do que profissional, passando pelos clientes chatos, teimosos e muitos deles estúpidos, sem contar com o prazer que é trabalhar ao lado de gente muito estranha saída directamente da Twilight Zone, que na sua maioria só tem o 9.º ou o 12.º ano e ganha o mesmo (pouco...) que estudantes universitários ou licenciados, ou ainda com as excelentes (note-se o tom irónico) condições de trabalho que implicam um computador e um telefone num cubículo em tarefas mecânicas e repetitivas, com a devida pressão por se chegar 1 ou 2 minutos atrasado que implica logo a marcação de falta e devido desconto no ordenado (já se si baixo), não haja dúvida, é uma maravilha trabalhar num call center.

 

Felizmente que já só me falta um ano para concluir a licenciatura, mas por enquanto, já agora, aceitam-se ofertas de emprego para part-time de manhã. Contactar por e-mail por favor. Se for para call center não vale a pena dar-se ao trabalho.

 

Entretanto, se tudo correr bem, espero no próximo ano por esta altura já estar fora do país...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:45






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

Estados protegidos

  •  
  • Estados amigos

  •  
  • Estados soberanos

  •  
  • Estados soberanos de outras línguas

  •  
  • Monarquia

  •  
  • Monarquia em outras línguas

  •  
  • Think tanks e organizações nacionais

  •  
  • Think tanks e organizações estrangeiros

  •  
  • Informação nacional

  •  
  • Informação internacional

  •  
  • Revistas